Para-choque ou parachoque

Só quem é brasileiro ou mora há muito tempo no país sabe o quão complexa e diversa é a nossa língua. O português é considerado um dos idiomas mais complexos do mundo e possui muitas pegadinhas. Para-choque ou parachoque é um desses casos.

Há também uma terceira proposta que é párachoque.

Por isso, muita gente tem dúvidas sobre qual é a forma correta de escrever. Sendo assim, acabam indo pela intuição ou pelo que parece ser mais óbvio.

Hoje vamos esclarecer mais essa dúvida e te ajudar a conhecer um pouco mais do idioma.

É certo escrever para-choque ou parachoque?

Indo direto ao assunto, embora muitas pessoas estejam acostumadas a escrever parachoque, a forma correta é para-choque, com o hífen. É dessa forma que a palavra está registrada no Acordo Ortográfico Brasileiro.

Portanto, a forma escrita direta, sem a separação, não é reconhecida pela norma culta. Para alguns pode soar estranho e até como uma novidade, já que parachoque acabou se popularizando.

Já que existe uma confusão com respeito ao uso de hífen, após o novo acordo ortográfico.

Vale ressaltar que antes do acordo a forma correta era pára-choque.

“parachoque”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/parachoque [consultado em 24-02-2022].

Qual o plural de para-choque?

A palavra para-choque, quando no plural, se flexiona da seguinte forma: para-choques.

Leia também:

Sem acento no para-choque

Outra dúvida relacionada a esse termo é se a palavra “para-choque” possui ou não acento agudo no “pára”. Esse é mais um mito, pois na grafia correta não usamos o acento, ainda que esse “a” ganhe mais força na forma falada.

Para-choque é um dispositivo de segurança localizado na parte frontal dos veículos. A sua função é diminuir os danos em caso de colisão, protegendo o veículo contra o impacto.

Veja algumas frases com a forma correta da escrita do termo:

  • Ele bateu o carro e amassou o para-choque;
  • Ela precisou trocar o para-choque depois do acidente;
  • Restaurar o para-choque desse modelo de carro pode sair caro.

Portanto, nunca utilize o acento agudo tampouco escreva sem o hífen. Se estiver na dúvida sobre para-choque ou parachoque recorra a esse conteúdo para se lembrar da forma correta.

No caso do acento temos uma situação um pouco mais simples. Isso porque a maioria das pessoas instintivamente escreve sem o agudo no “a”, o que é a forma correta. Dessa forma a regra vem de acordo com o que foi “aceito”, de certa forma, pela população.

Para-choque e paraquedas

Abrimos esse conteúdo lembrando que o português é um idioma de alta complexidade. Isso é evidente quando nos deparamos com suas regras e exceções que muitas vezes não têm definições claras.

Por exemplo, talvez você pense: então para-quedas também se escreve com hífen, certo? Errado!

A versão correta dessa palavra é paraquedas, sem a separação dos termos.

A justificativa para isso é que em paraquedas perdemos completamente a noção de composição da palavra. Ou seja, nós não “percebemos” que se trata, na verdade, da junção de duas palavras distintas que ganharam um novo significado.

Essas palavras foram unidas por justaposição, combinando “parar” com “quedas”. No entanto, o Acordo Ortográfico aboliu o hífen em casos que considera a perda da noção de composição.

Essa justificativa é bastante vaga e até relativa, já que para algumas pessoas ela pode fazer sentido ou não. Fato é que entre para-choque ou parachoque, paraquedas ou para-quedas existe esse ponto de atenção fundamental na hora de redigir um texto.

Outros termos que passam por isso

Para-choque e paraquedas não são os únicos termos brasileiros que passam por essa composição peculiar. Existem outras palavras semelhantes que podem causar certa confusão.

É o que pode ocorrer com para-lama, para-brisa ou para-raios, por exemplo, que também levam o hífen como regra para grafia correta.

Já as palavras relacionadas ao paraquedas (paraquedista ou paraquedismo) são escritas sem a separação. Nesse caso são regras e só nos resta decorar.

Como saber quando usar hífen ou não?

Como você viu, não há uma regra clara e bem definida sobre isso. A melhor forma de melhorar a sua escrita e entender as regras do português é ler muito e tirar as suas dúvidas sempre que possível. Agora você já sabe qual opção escolher entre para-choque e parachoque.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.