Música em inglês: aprenda cantando

música em inglês

Através de músicas em inglês você pode aprender cantando!

Esse é um meio agradável e divertido de estudar o idioma, além de ser uma opção bastante dinâmica, em que você pode ouvir aquilo que mais gosta e no ritmo que soe mais fácil para a sua compreensão.

Existem inúmeras possibilidades para quem pretende aprender ouvindo músicas.

Para isso, basta escolher o seu estilo preferido, selecionar a playlist daquele artista que você tanto ama e começar a estudar.

Afinal, é muito importante o input, ou seja, absorver o idioma de todas as maneiras possíveis.

Leia até o final e descubra algumas dicas valiosas para usar as músicas como material de estudos.

Você verá ser possível evoluir a sua escuta e treinar o seu inglês, a pronúncia e até leitura. Em outras palavras, um exercício completo.

Dicas para aprender INGLÊS ouvindo música

Rock, pop, country, Jazz, blue…existem tantos estilos musicais que é impossível encontrar alguém que não se identifique com nenhum.

Por esse motivo as músicas são excelentes para o ensino de qualquer idioma.

Você com certeza se lembra de alguma professora na infância que usava as canções como método para facilitar os estudos da língua portuguesa.

Isso também pode se aplicar em suas aulas de inglês.

Escolha músicas que você gosta

A ideia por trás de estudar com músicas em inglês é justamente tornar o aprendizado mais fluido e divertido.

Por isso é importante que você opte por canções que goste e que lhe tragam bons sentimentos.

A música tem um poder extraordinário, pois faz com que memorizemos coisas, situações, palavras e momentos.

Diversifique a lista

Embora exista aquele estilo que mais te atrai, é legal pensar em uma lista diversificada.

Assim você não enjoa e não desanima dos estudos.

Já pensou acordar num clima super agitado e só ter canções melódicas para ouvir?

Evite isso e trabalhe com opções.

Escute antes de ler a letra

É tentador procurar a letra de uma música em inglês para acompanhar o cantor.

Mas como a ideia aqui é desenvolver o seu listening sugerimos que você tente primeiro entender a canção sem acompanhar a letra.

Então ouça uma, duas ou três vezes.

Pratique a escuta atenta, tentando captar a mensagem por trás da letra. Anote a ideia central e então busque pela letra em inglês.

Aprenda inglês cantando

Tente traduzir por conta própria

Uma vez com a letra na sua frente é hora de treinar inglês por meio da sua leitura.

Pode ser que algumas palavras tenham escapado na hora da escuta e agora você vai encontrá-las escritas.

Novamente, busque uma tradução por aproximação e não literal.

Ou seja, ainda que você não conheça um ou outro termo, tente entender de modo geral o que cada estrofe ou frase diz.

Faça anotações

As anotações são importantes para memorizar e para realizar consultas no dicionário.

Então, quando estiver acompanhando a letra e encontrar alguma dificuldade com a tradução, anote

Assim você pode pesquisar o significado no dicionário, bem como a devida tradução.

Cante junto para treinar a pronúncia

Uma das coisas mais legais sobre aprender inglês com músicas é que você pode treinar o idioma de diferentes formas.

Inclusive a pronúncia, uma das maiores dificuldades dos estudantes, entra na jogada também.

Após passar pelas etapas que listamos anteriormente é hora de cantar junto com o artista. Solte a voz sem vergonha, usando a letra escrita como suporte.

Preste atenção na pronúncia das palavras que lhe soam mais esquisitas. Se precisar, pause a canção e volte um pouco para treinar novamente.

Faça isso quantas vezes achar necessário até pegar a pronúncia de forma mais correta.

Atenção com os sotaques

O inglês, assim como o português, possui muitas variações de sotaques.

Os americanos falam de um jeito, os britânicos de outro, os australianos de outro… cada um tem a sua “personalidade”, já que a língua é um elemento vivo e mutável.

Para quem está aprendendo através de músicas em inglês é interessante focar em um sotaque específico para não se confundir.

Pelo menos no início de sua aprendizagem. Depois, será importante perceber as nuances de cada lugar.

A pronúncia pode variar muito de um lugar para o outro, o que dificulta um pouco o aprendizado.

Mas isso não quer dizer que você não pode variar a nacionalidade de seus artistas.

Apenas tenha em mente que praticar com dois ou mais tipos de inglês diferentes pode tornar o seu progresso um pouco mais dificultoso e lento.

No entanto, também é algo bastante desafiador.

Escolha canções com pronúncias mais claras

Ainda sobre a questão da pronúncia, há outros fatores que impacta muito na hora de estudar inglês com música, como a velocidade, a dicção do artista e o dialeto.

Dependendo do estilo que você escolher pode ser que encontre um ritmo mais agitado e tenha a sensação de que algumas palavras são “comidas” durante o canto.

Na língua portuguesa, podemos perceber como um sotaque, regionalismo ou mesmo a dicção do cantor, faz com que entendamos diferente as palavras e a canção.

Logo, na língua inglesa ocorre o mesmo fenômeno.

É o caso, por exemplo, do rap. Como as letras são ditas de forma muito acelerada, fica difícil entender e reproduzir tudo com maestria.

O mesmo se repete com o Heavy Metal. Muitas das palavras são ininteligíveis.

Isso ocorre porque o estilo musical pede uma voz mais gutural e com dicção menos clara. Evite esses estilos para não tornar os estudos complexos demais.

Músicas infantis como opção

Quem é que não ama as canções clássicas da Disney?

Elas são excelentes opções para estudantes de diferentes níveis de inglês.

Em geral, as músicas da Disney possuem uma letra simples, com frases não muito longas e ditas de maneira muito clara pelos intérpretes.

Além disso, são canções que mexem com o imaginário e a memória afetiva, trazendo uma sensação de bem-estar que é muito positiva para a sua assimilação.

Mas, não é somente as músicas da Disney, você pode optar por variados estilos, tal como a música gospel, por exemplo.

Com que frequência devo estudar música?

Estudar usando música em inglês é uma escolha bastante versátil. Você pode usar isso em parceria com outros métodos de estudos.

Leia o artigo: Como montar um cronograma de estudos para aprender inglês. Assim, você terá uma ideia de qual frequência adotar.

A frequência também varia muito de acordo com o seu plano de estudos.

Porém, como se trata de uma opção divertida e leve de estudos, você pode pensar em incluí-la em sua rotina como desejar.

Se conseguir estudar uma música por dia já verá um grande avanço em sua compreensão, em especial no que diz respeito a escuta.

Essas são as nossas dicas para quem quer aprender mais usando música em inglês.

Esse é um método acessível e com possibilidades muito amplas de aproveitamento por parte do estudante.

Faça bom proveito e solte a voz!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *