Inglês instrumental – o que é e para que serve?

inglês instrumental

Você já ouviu o termo “inglês instrumental”?

Essa talvez seja uma das vertentes mais importantes para quem pretende obter a fluência para finalidades acadêmicas ou profissionais.

O Inglês, como você bem sabe, é o idioma mais importante para os negócios. Através dele é possível não somente se comunicar com pessoas de diferentes regiões, mas também consumir conteúdos produzidos em outros países.

Por isso mesmo muitas linhas de pesquisas e aprofundamentos utilizam esse idioma como base, afinal, há muito material em texto ou audiovisual que jamais foi traduzido.

Pensando nisso, investir em inglês instrumental é especialmente importante. Se trata da vertente do inglês que aborda termos específicos para uma determinada área.

Vamos entender melhor como se aplica.

Leia também:

Entendendo o inglês instrumental

Todas as áreas de atuação têm expressões e palavras que são bem características e que são usadas com frequência naquele meio. 

Isso ocorre com a engenharia, com a medicina, arquitetura, jornalismo e qualquer outro segmento de estudos. Para compreender e se aprofundar no tema, portanto, é preciso dominar o “dialeto”.

Isso é o inglês instrumental, muitas vezes chamados de “inglês técnico”. Ele se refere a uma comunicação de um grupo específico que se interessa, pesquisa ou estuda uma determinada área – seja das ciências humanas, biológicas ou exatas.

Como estudar inglês instrumental?

O estudo do inglês instrumental naturalmente é um nível mais avançado do idioma. Geralmente, quem começa a se dedicar a esses estudos já possui uma boa compreensão do inglês “tradicional”.

Defina a sua área de interesse:

Então, se esse é o seu caso, se você já tem um inglês bem afiado e quer agora conhecer um pouco do inglês instrumental, a primeira coisa a fazer é definir qual é a sua área de interesse.

Pense em uma profissão que você quer seguir, ou mesmo alguma área que lhe desperte curiosidade e sobre a qual você quer pesquisar mais. Esse é o ponto principal para que consiga estudar inglês instrumental.

Mantenha a leitura no foco dos seus estudos

Outra dica essencial para quem quer aprender inglês instrumental é: você deve manter a leitura como foco de seus estudos.

Ler é a melhor forma de assimilar novas palavras. Nesse caso em que a ideia é aprender algum tipo específico de inglês isso é ainda mais importante!

Busque por livros, artigos e conteúdos em geral que consigam contribuir com essa riqueza.

Para isso, tenha também um bloco de anotações ou um tradutor ao alcance das mãos. Traduza termos que considerar estranhos e depois repita-os com frequência para memorizar.

Aumente a sua convivência com o idioma

Para aprender inglês é preciso manter uma frequência de contato com o idioma. Existem inúmeras formas de fazer isso. Você pode consumir o inglês através de vídeos, séries, filmes, música.

O importante é decidir que aquele será um momento de estudos. Então, a atenção será voltada integralmente para o conteúdo consumido. Desligue o celular e se livre das distrações.

Outra dica legal é mudar todas as suas redes sociais, streamings e até o teclado de seu celular para o inglês. Assim você aumenta o contato com o idioma e se familiariza com novas palavras.

Conheça os cognatos

Você sabia que existem dezenas de palavras cognatas? São palavras que são exatamente iguais ou muito parecidas no português e no inglês. Memorizá-las pode ser bem fácil, visto que você já tem a referência no seu idioma materno.

Para estudar inglês instrumental é interessante pesquisar as cognatas. Estima-se que não há sequer um texto longo em inglês que não tenha pelo menos um cognato. Ou seja, se você aprende essas palavras já amplia o eu vocabulário.

Principais diferenças entre o inglês convencional e o inglês instrumental

Efetivamente, quem prende inglês convencional tem uma bagagem imensa e já se mostra bem avançado no inglês instrumental, sendo necessário apenas alguns poucos afinamentos.

Mas, existe uma diferença crucial entre eles:

Enquanto o inglês convencional foca em uma compreensão mais ampla, que engloba a escrita, a leitura, a escuta e a fala, o inglês instrumental tem sua atenção voltada especialmente para a leitura.

Não que não possa ser adaptado ou aplicado em outras modalidades. Pode, sim. Podemos dizer até que é natural que após adquirir alguma familiaridade com os termos escritos o aluno evolua para a sua aplicação falada.

Porém, por ser um estudo de viés mais técnico, o inglês instrumental acaba sendo usado para pesquisas. Por isso ele é amplamente aplicado na leitura, sendo essa a sua finalidade mais focada.

Quando é importante se dedicar ao inglês instrumental?

Muitas pessoas se perguntam: mas, por que aprender inglês instrumental se o convencional pode ajudar em muitos aspectos da comunicação?

Podemos dizer que o inglês instrumental é uma espécie de atalho para quem tem pressa em se desenvolver no idioma com uma finalidade profissional ou técnica.

Já se a sua intenção é aprender o inglês para viajar ou para consumir conteúdo de cultura pop, então realmente o caminho é estudar o idioma em seu formato convencional.

Posso estudar os dois em paralelo?

Inglês convencional e instrumental não são “separados”. Em muitos aspectos eles se envolvem e se complementam. A diferença é a atenção que você dará a termos específicos e frases com viés mais técnico ou para frases do dia a dia.

Portanto, sim, você pode estudar ambos em paralelo. Esse, inclusive, é um caminho bastante interessante para evoluir no idioma e buscar a sua fluência.

Mas, o inglês instrumental requer uma atenção muito específica. É mais difícil adquiri-lo de forma descontraída, através de conteúdos mais leves. Geralmente ele é obtido em apostilas e textos de complexidade maior.

Por isso, o segredo é dedicação.

O inglês técnico afiado pode abrir portas profissionais e pessoais, fazendo com que você se sinta cada vez mais preparado para assumir projetos, pesquisas, ou se aprofundar em um determinado tema.

Além disso, ele pode ser requerido em processos seletivos e até exigido para que assuma alguma vaga específica.

Então, é tudo uma questão de direcionar os seus estudos para o que você realmente quer com o inglês instrumental.

Quer continuar estudando inglês?

Conheça o curso de INGLÊS BÁSICO.

Compartilhe nas redes sociais, isso nos incentiva a continuar criando conteúdo grátis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *