Como ser fluente em inglês?

como ser fluente em inglês

Ser fluente em inglês não somente é importante como é essencial. Nos dias de hoje esse pode ser um fator determinante para o sucesso profissional ou mesmo para vivenciar as melhores experiências pessoais.

Afinal, quem é que não sonha em conhecer outros países, desbravar outras culturas e construir memórias incríveis no exterior? Para isso, dominar o idioma é fundamental!

Você sabia que com o inglês afiado você consegue se comunicar em praticamente qualquer lugar do mundo?

Até nos países orientais e alguns europeus onde os idiomas são completamente diferentes do português, é possível encontrar com facilidade quem domine o inglês.

Então, ser fluente em inglês faz toda a diferença, sim.

O que significa ser fluente em inglês?

Bom, a primeira coisa importante de esclarecer nesse conteúdo é sobre ao que nos referimos quando falamos em “ser fluente em inglês”.

Embora muita gente considere que ser fluente nesse ou em qualquer idioma signifique dominá-lo completamente, isso não é verdade.

O Common European Framework of Reference for Languages (CERF), um dos padrões mais importantes do mundo para analisar o aprendizado de idiomas, entende que fluência se refere ao uso funcional do idioma.

O que isso significa?

Significa que a pessoa não precisa recitar Shakespeare em inglês, ou entender termos técnicos de medicina no idioma.

Basta ela conseguir usar o inglês de forma adequada com construções gramaticais corretas em diferentes contextos e possuir um amplo conhecimento de vocabulário. Ou seja: quem entende e se faz entender em inglês é fluente.

Quando posso me considerar fluente em inglês?

Para os brasileiros há sempre uma insegurança em se considerar fluente em inglês. Mesmo pessoas que dominam bem o idioma costumam se classificar como “avançado”, mas, não fluente.

Então, perceba o seguinte:

  • Você consegue se comunicar, pedir ajuda e explicar coisas em inglês com facilidade?
  • Você é capaz de compreender um diálogo de complexidade média sem dificuldades?

Se a resposta para ambas as perguntas é “sim”, provavelmente você é fluente em inglês. Talvez seja hora de se classificar nesse nível sem medo.

O sotaque não atrapalha a fluência

Outro dilema enfrentado pelos brasileiros diz respeito ao sotaque. É muito comum que mesmo com uma boa fluência, os alunos se sintam inseguros por conta da pronúncia carregada com o sotaque de estrangeiro.

Mas, agora vamos te contar um segredo: sotaques são absolutamente naturais!

É claro que, se o sotaque é forte o bastante para comprometer a compreensão do interlocutor, é importante praticar mais a fala até que ele seja amenizado.

Quanto mais você fala inglês, mais se habitua ao idioma.

Agora, se você simplesmente não consegue enrolar a língua como os gringos em determinadas palavras, ou apresenta uma dicção um pouco diferente em alguns momentos, mas isso não interfere na mensagem, então não há problema.

Como obter a fluência em outro idioma?

Para ser fluente em inglês é preciso dedicação. Aprender um novo idioma requer tempo e energia – mas, as recompensas são muitas! Não existe uma fórmula mágica, mas existem dicas legais para quem busca a fluência. Veja só.

 Faça dos estudos uma diversão:

Estudar inglês não deve ser um fardo, algo que te deixa com mau-humor e de saco cheio. Tente fazer dos estudos uma diversão. Para isso, use elementos como séries, músicas, games e aplicativos divertidos.

Tenha contato diário com o idioma:

A frequência é um dos segredos para ser fluente em inglês. Você deve ter contato com o idioma diariamente! Então, tente exercitar a sua compreensão acessando sites em inglês, conteúdos em vídeos, músicas e livros.

Outra dica legal é assistir a noticiários no idioma. Acessar redes de jornalismo em inglês é um dos meios mais práticos para ter contato com uma aplicação simples e correta da língua.

A repetição é um bom caminho para alcançar a fluência

Você sabia que repetir em voz alta o que você escuta em inglês pode ser um caminho interessante para evoluir nos estudos?

Quando você repete o que ouve não somente treina a pronúncia – o que é importantíssimo –, mas também torna o idioma mais familiar aos seus ouvidos e com a sua própria voz.

Isso é crucial!

Portanto, deixe a vergonha de lado e comece a repetir sem parar. Seja a letra de uma música ou as frases que você aprendeu no seu seriado preferido, repita enquanto dirige, no banho, preparando o jantar, antes de dormir…

Faça disso um mantra até memorizar completamente a frase, entender as palavras e compreender a construção gramatical.

Treine o seu cérebro para pensar em inglês:

O que torna uma pessoa fluente em inglês diferente de uma que não é fluente é a capacidade de pensar em inglês. Analise o seguinte:

Quando você pensa em português, você simplesmente…pensa. Isso flui naturalmente, sem que você precise prestar atenção no que está fazendo, certo?

É essa fluidez que você precisa encontrar com o inglês também. Para isso, policie o seu cérebro a pensar em inglês. Tente criar diálogos em inglês, pense nos nomes dos objetos de sua casa em inglês etc.

Aos poucos se tornará um hábito tão natural que não precisará mais ser forçado. Mas, no começo é um exercício de policiamento, mesmo.

Aproveite as oportunidades para gastar o seu inglês:

Sem essa de começar uma conversa com um “desculpe, o meu inglês é ruim”. Procure alternativas para iniciar um diálogo e converse sem receios. Quem está do outro lado sabe que não é sua língua nativa e com certeza admira a sua dedicação.

Não fuja das oportunidades para gastar o seu inglês. Deixe fluir, converse sobre isso, fale no idioma usando as palavras que você conhece, sem medo de errar. Erras, aliás, é parte fundamental do seu aprendizado.

Aprenda a comemorar as suas vitórias!

Quando estamos em busca da fluência em inglês, é muito comum nos sentirmos frustrados quando não compreendemos algo. Mas, a sugestão aqui é que você comece a enxergar o mundo sob uma ótica mais positiva.

Que tal, ao invés de se frustrar pelo que não entende, você começar a comemorar os seus avanços?

  • Assistiu um episódio inteiro de sua série preferida em inglês e conseguiu compreender o que acontece? Comemore!
  • Conseguiu traduzir sozinho a letra da sua música do coração? Comemore!
  • Manteve um diálogo em inglês por alguns minutos? Comemore!

Toda pequena vitória é um passo para que você se torne fluente em inglês.

Respeite o seu ritmo, mas não desanime diante das dificuldades: elas aparecem, mas podem ser facilmente contornadas.

Good luck!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *