Como montar um Cronograma para aprender inglês

cronograma para aprender inglês

Montar um cronograma para aprender inglês é importante para organizar a sua rotina.

Com um planejamento adequado você terá avanços muito mais perceptíveis nos seus estudos.

O cronograma funciona mais ou menos como um roteiro. Nele você definirá antecipadamente as suas metas e os temas a serem estudados.

Dessa forma, fica mais fácil evoluir no idioma e aproveitar melhor os estudos sozinhos.

Como funciona o cronograma para aprender inglês?

Um bom cronograma precisa ser criado a partir de metas claras previamente estabelecidas.

Definindo os seus objetivos fica mais fácil imaginar o tempo de dedicação e a periodicidade dos estudos.

Basicamente o seu cronograma será composto pelas seguintes informações: a frequência de estudos, quanto tempo de aula (em horas/ dia) e quais conteúdos serão abordados em cada aula.

Ele funciona, portanto, como um mapa que vai guiar os seus estudos, cuja finalidade principal é promover um aproveitamento mais adequado de suas horas de dedicação ao inglês.

Passos para montar o seu cronograma

Depois de entender para que serve, afinal de contas, o cronograma para aprender inglês, é hora de finalmente falarmos a respeito dos passos essenciais para isso.

Veja as dicas a seguir:

Defina a sua ferramenta:

Primeiro, pense em uma ferramenta onde você consiga registrar o seu cronograma.

As possibilidades são diversas, desde uma versão tecnológica – como planilhas do Excel – até as mais rústicas – como post its e planners manuais. Opte por aquela que mais lhe agrada e com a qual consiga realmente se organizar.

Defina suas metas:

Depois, crie as suas metas. Você pode pensar isso em curto e longo prazo. Por exemplo: em 3 meses pretende assistir uma série simples com legenda em inglês. Em 1 ano pretende viajar ao exterior com o inglês avançado.

Saber “onde” você quer chegar é fundamental para dar gás e estimular a frequência de estudos, diminuindo os riscos de você simplesmente furar com sua responsabilidade.

Leia também:

Pense na sua disponibilidade de tempo!

O terceiro passo é olhar com calma para a sua rotina e imaginar em que momento pode encaixar os estudos.

O cronograma para aprender inglês não pode atrapalhar as suas tarefas diárias, caso contrário você não conseguirá mantê-lo. Então, encontre períodos e defina a frequência e o tempo de duração de seus estudos.

Defina os conteúdos a serem estudados:

Em seguida pense no que você quer/ precisa estudar. Isso quer dizer que você deve analisar o seu nível de inglês e entender quais são as suas dificuldades.

Assim, pode priorizar aquilo que lhe parece mais complexo, dedicando mais horas de estudos para esses pontos que demandam atenção.

Uma dica aqui é que você pense em todas as categorias do inglês, e divida as suas horas de modo que todas elas sejam abordadas com frequência. As categorias são:

  • Escuta;
  • Fala;
  • Leitura;
  • Escrita.

É interessante, para quem quer aprender inglês sozinho, dividir as aulas de modo que todas essas vertentes sejam de alguma forma trabalhadas. Porém, dê prioridade aquilo que lhe pareça mais difícil.

As vantagens de um plano de estudos

São inúmeras as vantagens de criar um cronograma para estudar inglês. Esse é um método que torna o seu aproveitamento melhor e ajuda a organizar a rotina do estudante.

Organização de horário:

O primeiro ponto a ser citado é que o cronograma para aprender inglês permite que você tenha uma organização melhor de seus horários. Isso ajuda a manter a frequência de estudos.

Sem o cronograma é mais fácil que você esqueça de estudar ou que simplesmente não encare essa tarefa com a seriedade que ela demanda.

Desenvolvimento progressivo:

O cronograma também te obriga a evoluir no idioma. Ou seja, ao invés de ficar estagnado estudando sempre a mesma coisa, o planejamento permite que você passe para a próxima etapa com mais facilidade, já que há um pré-programa de aulas.

Aumento do senso de responsabilidade:

Além disso, quando você estuda seguindo um cronograma para aprender inglês, acaba assumindo essa tarefa com um senso de responsabilidade maior.

Afinal, você incluirá o inglês em sua rotina de fato como uma “obrigação”. Então, ao compreender essa como uma tarefa essencial, as chances de desanimar e furar com as aulas diminuem.

Com quais materiais devo estudar inglês?

Estudar inglês por conta própria não somente é possível como se trata de uma das formas mais eficientes de aprendizagem. Sabe por quê? Porque você poderá escolher o seu material didático.

As pessoas têm facilidades diferentes. Enquanto alguns conseguem assimilar melhor através da leitura e do uso de livros e postilas convencionais, outros sentem mais facilidade em aprender com músicas e filmes, por exemplo.

Quando você decide estudar inglês sozinho, é possível selecionar o tipo de “material didático” que vai usar de acordo com seus pontos de facilidade.

Abuse do dinamismo:

Mas, aproveitando um gancho nesse assunto, vale a pena ressaltar que quanto mais dinâmico e variado for o seu material, melhor. Assim as aulas se tornam mais interessantes e você não corre o risco de se sentir entediado.

Então, separe conteúdos em textos, vídeos, podcasts, músicas…Use e abuse dos recursos virtuais para acessar sites e páginas que possam lhe oferecer suporte para estudar inglês sozinho.

Ah! E não se esqueça e incluir isso no seu cronograma para aprender inglês. Então, defina na semana quais métodos de estudos você vai usar, e varie bastante.

Em quanto tempo eu vou falar inglês?

Não é possível definir com exatidão o tempo que leva para uma pessoa se tornar fluente em inglês. Isso depende de uma série de fatores! Alguns deles são:

  • O seu nível de compreensão atual do idioma;
  • A frequência e o tempo médio de dedicação para estudos;
  • O aproveitamento das aulas – ou seja, o quanto você não procrastina e não se distrai enquanto estuda; Entre outras tantas coisas.

O que podemos garantir é que com um cronograma para aprender inglês isso se torna muito mais fácil! Contar com um planejamento adequado é importantíssimo para que você consiga evoluir mais rapidamente.

Aproveite para montar aulas divertidas, use temas e assuntos que naturalmente já lhe interessam e torne os estudos mais leves e agradáveis para você. Estudar inglês de forma prazerosa é possível!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *