Aprender falar inglês: descubra como evoluir nos estudos

https://fluencygo.com/frases-em-ingles-ideais-para-o-dia-a-dia/

Aprender falar inglês é essencial para quem quer desenvolver uma carreira de sucesso, ou para quem quer apenas ter crescimento pessoal e acessar outras culturas.

Mas, para garantir um bom aprendizado é preciso organização! As pessoas possuem habilidades diferentes, e isso deve ser aplicado também nos seus estudos.

A seguir, explicaremos porque aprender inglês é importante e daremos algumas dicas de como criar um cronograma de estudos que contemple as suas necessidades considerando o seu tempo e seu nível de inglês.

Por que aprender a falar inglês é tão importante?

O inglês é o idioma da internet. Hoje, vivemos na era da tecnologia, e é impossível passar sequer um dia sem ter contato com esse idioma – ainda que algumas pessoas não o dominem por completo.

Aprender a falar inglês, portanto, é uma ferramenta importantíssima para quem quer consumir conteúdos digitais e quer ampliar o seu acesso aos mais variados modelos de comunicação – vídeos, textos, podcasts etc.

Antigamente o inglês era visto como uma ferramenta crucial com finalidade estritamente profissional. Mas, isso mudou! Embora ainda seja essencial para o sucesso na carreira, hoje ele também representa um importante passo pessoal.

Podemos dizer, portanto, que aprender a falar inglês não é mais uma escolha: é fundamental. Seja para quem almeja novos voos no mercado de trabalho ou para quem quer viajar e consumir conteúdo de qualidade, ter o segundo idioma é crucial.

Cuidados fundamentais ao aprender inglês

Nesse contexto, não podemos ignorar o fato de que para aprender a falar inglês você precisa ter cuidado e atenção.

Cuidado porque é preciso iniciar e respeitar o seu nível atual. Não adianta você tentar avançar no idioma sem passar pelo nível básico, aquele em que se adquire maior familiaridade e frequência no uso da língua.

Atenção é fundamental para que escolha um método que seja eficiente para você. Existem inúmeros modelos de ensinos de inglês – e saber qual deles se encaixa em suas demandas é muito importante.

Por onde começar?

Pode parecer estranho, mas a fala é o primeiro passo para aprender o inglês e buscar uma fluência. Se você pensar bem, foi exatamente assim que aprendeu o seu idioma materno!

Antes mesmo de compreender a construção gramatical ou se aprofundar em grafia, você aprende a falar. Por isso é importante manter um contato frequente com o idioma falado.

Para isso existem inúmeros métodos que podem ser adotados. Alguns dos mais comuns e acessíveis são:

  • Podcasts;
  • Séries e filmes;
  • Vídeos no Youtube;
  • Troca de mensagens em áudio.

Conteúdo recomendado:

Agora pode ser que você pense: mas, se eu não entendo o idioma, como vou compreender a fala? O processo é natural e baseado na sua frequência.

Quanto mais tempo você escuta, mais fácil fica aprender a falar inglês. Enquanto você treina a escuta consegue treinar também, indiretamente, a pronúncia, o que é um dos pontos de maior dificuldade das pessoas em geral.

Dicas fundamentais para aprender a falar inglês

Então, chegou a hora de montar o seu esquema de estudos. Existem algumas dicas que podem ajudar quem quer aprender a falar inglês. Vamos listar alguns dos pontos mais importantes:

Defina a frequência:

Atualmente uma das maiores dificuldades em organizar os estudos é definir a frequência. Com rotinas cada vez mais atribuladas é natural que as pessoas pensem que não há um espaço na agenda para estudar o idioma.

Mas, se o seu plano é aprender a falar inglês de verdade é preciso definir um horário e pensar em uma forma de inserir os estudos em sua vida com frequência.

Ter ao menos 30 minutos de contato com o idioma diariamente é essencial. Aos poucos você pode aumentar essa carga, mas não deixe de estudar todos os dias.

Escute muito e fale em voz alta:

Se a ideia é aprender a falar inglês você precisa…falar inglês! Se não tem com quem conversar, faça isso sozinho. Crie diálogos e frases simples de apresentação. Narre o seu dia antes de dormir em voz alta, tentando formular frases que explicam o que você fez e como se sentiu.

Anote e treine novas palavras:

Estabeleça uma meta diária para aprender 3 palavras novas. Então, estude essas palavras, descubra quais são os meios de aplicação e treine as suas pronúncias em voz alta.

Você também pode usar aplicativos em seu celular ou tradutores virtuais que ajudem a entender como fala a palavra em questão.

Pratique com falantes nativos:

Outra possibilidade bastante interessante é buscar por sites e aplicativos que permitam a conversa com falantes nativos. A maior vantagem desse tipo de contato é que você pode corrigir a sua pronúncia além de aprender novas gírias e frases mais coloquiais.

Não se preocupe com o sotaque

Muitos estudantes demoram para evoluir na hora de aprender a falar inglês porque ficam encanados com o sotaque. Mas, o sotaque existe e faz parte do processo.

Quando conhecemos estrangeiros que falam português também percebemos sotaque, ainda que suave em alguns casos. Isso não é um problema e pode ser amenizado com o passar do tempo!

Não trave a sua evolução tentando se livrar de qualquer resquício de sotaque. É absolutamente normal e somente a frequência e a prática vão realmente ajudar nos resultados mais satisfatórios.

Todo mundo precisa aprender a falar inglês!

O Inglês é fundamental. Isso deixou de ser um diferencial para se tornar algo minimamente requisitado na maioria das situações.

Acontece que a globalização uniu as pessoas, e o idioma que é compreendido em todos os cantos do mundo é justamente o inglês.

Então, não atrase mais o seu aprendizado. Siga essas dicas para aprender e evoluir no idioma. Utilize as ferramentas tecnológicas que estão a seu dispor e torne os estudos ainda mais dinâmicos.

Aprender falar inglês é possível e necessário. Requer dedicação e tempo, mas a evolução é nítida quando você cria rum cronograma de estudos possível de ser concluído.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *