Abreviaturas – o que são, para que servem e como usar

Abreviaturas

Existem diferentes formatos de linguagem que são utilizados no dia a dia para facilitar e otimizar a comunicação em português.

As abreviaturas são uma dessas opções e podem ser aplicadas na língua escrita, inclusive em textos que demandam maior formalidade.

É inegável que elas ganharam ainda mais força com o avanço tecnológico.

Isso porque a comunicação via internet acabou fazendo com que surgissem mais abreviações, sendo que, nesse caso, não são totalmente reconhecidas pela norma culta.

Acompanhe esse conteúdo até o final e entenda tudo sobre abreviaturas, como funcionam, quais são as mais populares e descubra quando usar e quanto evitar esse tipo de linguagem na comunicação escrita.

Sumário

Entendendo o que são abreviações

As abreviações nada mais são do que a representação reduzida de uma determinada palavra.

É algo que escrevemos ou falamos de forma mais rápida, menor, mas que resguarda o mesmo sentido da palavra completa.

Com o avanço da internet as abreviaturas passaram a fazer parte efetiva de nossas vidas.

Elas são usadas diariamente por quem se comunica através de aplicativos de conversa como WhatsApp, Messenger e Facebook.

Algumas abreviações mais utilizadas na linguagem virtual são:

  • Vc – Você;
  • Tbm/ Tb – Também;
  • Msg – mensagem;
  • Bj – beijo;

No entanto, é importante ressaltar que essas abreviações não seguem nenhuma norma culta.

Elas foram criadas de forma aleatória como meio de acelerar a comunicação e não são consideradas corretas diante das regras do português.

O que são Abreviaturas?

Por outro lado, a abreviatura é a representação de uma palavra por meio das letras iniciais ou sílabas iniciais (normalmente). Ela é encerrada com um ponto abreviativo.

Exemplo:

  • Cia – companhia
  • Ltda – limitada

Regras das abreviaturas

Diferentemente do que muita gente pensa, as abreviaturas não devem ser criadas de forma aleatória.

Existem, sim, algumas regras que determinam como elas devem ser escritas. Abreviaturas escritas fora dessas regras são consideradas erradas.

Veja quais são elas:

Regra 1: Sílabas:

A primeira regra sobre as abreviaturas nos diz que elas devem ser criadas mantendo a primeira sílaba da palavra + a primeira letra da próxima sílaba. Veja alguns exemplos:

  • Século – Séc.
  • Minutos – Min.
  • Telefone – Tel.
  • Administrativo – Adm.

Perceba que em todos os casos a abreviação foi feita exatamente assim: usamos a primeira sílaba inteira e acrescentamos a primeira letra da sílaba seguinte. Esse é o jeito correto de abreviar.

No entanto, como toda regra possui a sua exceção, há casos em que consideramos as duas letras da próxima sílaba.

Isso acontece quando a segunda sílaba da palavra começa com duas consoantes seguidas, então ambas entram na abreviatura. Por exemplo:

  • Construção – Constr.
  • Estrada – Estr.

Essa informação é uma regra, portanto basta memorizar para não cometer mais erros na hora de abreviar.

Lembre-se que quando a segunda sílaba for composta por duas consoantes iniciais, ambas devem fazer parte da abreviatura.

Regra 2: Acentuação:

Há outra regra importante que é utilizada para abreviar palavras que diz respeito a acentuação. Quando o acento está na primeira sílaba ele deve ser preservado mesmo na versão abreviada da palavra.

É o que ocorre nos casos a seguir:

  • Século – séc.
  • Número – núm.
  • Página – pág.
O ponto abreviativo

Outra informação essencial a respeito das abreviaturas é sobre o ponto abreviativo. Ele existe para findar a abreviatura e deve ser usado logo após a última letra.

Esse ponto cumpre papel de ponto final. Isso significa que caso a abreviatura seja a última palavra da frase, não é necessário usar dois pontos para finaliza.

Somente o ponto abreviativo (.) basta. É justamente o que fazemos com a palavra “etc.” que nada mais é do que a abreviatura de “etecetera”.

Veja um exemplo.

  • “Ele levou tudo na mala: roupas, sapatos, itens de higiene pessoal, etc.”

Viu só? Não há necessidade de usar dois pontos pois o ponto abreviativo de “etc.” já finaliza a frase como um todo.

Abreviatura por contração

Existem também casos conhecidos como “abreviatura por contração”.

Elas acontecem quando, ao invés de seguirmos a regra descrita anteriormente, suprimimos as letras que compõem o meio da palavra. Por exemplo:

  • bel. – bacharel;
  • cel. – coronel;
  • cia. – companhia;
  • dr. – doutor;
  • ltda. – Limitada.

Abreviaturas de nomes

Existem algumas regras importantes da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) que devem ser aplicadas em especial quando falamos em abreviaturas de nomes.

Vamos pensar no nome fictício Paulo Roberto de Lima Apolo Fernandes. Existem várias possibilidades para abreviatura. Por exemplo:

Excluindo o primeiro nome:

  • Fernandes, Roberto de Lima

Escolhendo um dos nomes ou sobrenomes para abreviar:

  • Paulo R. de Lima Apolo Fernandes;
  • Paulo Roberto de Lima A. Fernandes.

Para o caso de registro de obras é importante pensar com cuidado a forma como vai abreviar o nome do autor.

Isso porque a abreviação acaba se tornando uma forma importante de se destacar entre homônimos.

Leia também:

Abreviaturas que fogem das regras anteriores

Existem muitas palavras no português cujas abreviaturas se tornaram bastante populares e são aceitas pela normativa, ainda que não sigam à risca as regras que falamos anteriormente. São elas:

  • Pago – pg.
  • Caixa – cx.
  • Apartamento – Apto.
  • Ilustríssimo – Ilmo.
  • Professora – Profa.
  • Antes de Cristo – aC.
  • Versículos – vv.

Esses são apenas alguns exemplos, mas existem muitas outras palavras que foram abreviadas e aceitas na língua apesar de não seguirem regras claras da norma culta.

Diferenças entre abreviaturas e abreviações

É normal se confundir com alguns termos do português que se parecem muito.

É justamente o que acontece com abreviaturas e abreviações, que parecem carregar o mesmo sentido, mas que na prática são coisas diferentes.

Abreviatura:

Abreviaturas são os termos que estamos abordando nesse conteúdo.

Eles visam reduzir a palavra seguindo algumas regras, utilizando de sua primeira sílaba + a primeira letra (ou primeira e segunda, em alguns casos) da próxima sílaba.

Abreviações:

Já as abreviações são outra forma de encurtar as palavras.

Nesse caso nós simplesmente cortamos a palavra em algum ponto em que ainda seja possível o seu entendimento.

Algumas abreviações muito utilizadas são:

  • Foto – fotografia;
  • Moto – motocicleta;
  • – avó;
  • Fone – telefone etc.

Esses são casos de abreviações, não de abreviaturas.

Perceba que não necessariamente seguimos as regras das sílabas, no entanto, é possível compreender exatamente o que cada palavra significa mesmo na versão reduzida.

Existem ainda algumas abreviações que são mais informais e que, em alguns casos, podem carregar um sentido ofensivo, de chacota ou de carinho e familiaridade.

Veja os exemplos:

  • Florianópolis – Floripa;
  • Comunista – comuna;
  • Professor – fessor ou profe;
  • Japonês – japa;
  • Chinês – China.

Efetivamente essas abreviações não são aceitas na norma culta, tampouco devem ser usadas em diálogos ou textos formais.

Porém, é inegável que se tornaram bastante populares e são muito usadas.

Sigla é a mesma coisa que abreviatura?

Siglas e abreviaturas também são coisas distintas que podem ter os seus sentidos confundidos por alguma razão.

Enquanto as abreviaturas reduzem a palavra a partir de regras determinadas, as siglas são compostas pelas iniciais das palavras.

  • CPF – Cadastro de Pessoas Físicas;
  • EUA – Estados Unidos da América;
  • IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística;
  • Sociedade Anônima – SA.

Perceba que nesses casos as palavras não foram reduzidas, mas sim utilizamos as letras iniciais para compor a sigla que se refere a cada uma.

Agora você já sabe tudo sobre abreviaturas.

Entender um pouco sobre as regras e normas que regem mais essa possibilidade de comunicação é importante para não cometer erros na hora de criar textos formais.

Compartilhe esse post nas redes sociais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.